Série – American Horror Story

Sobre a série:

American Horror Story (no BrasilUma História de Horror Americana[1] ) é uma série de televisão norte-americana de horror-drama criada e produzida por Ryan Murphy e Brad Falchuk. Descrita como uma série antológica, cada temporada é concebida como uma história independente, seguindo um conjunto de personagens e ambientações distintas, e um enredo com o seu próprio “começo, meio e fim.”[2]
A primeira temporada, intitulada American Horror Story: Murder House, ocorre nos dias atuais e é centrada na família Harmon, que se muda para uma mansão restaurada, sem saber que a casa é assombrada pelos seus antigos habitantes. A segunda temporada, intitulada American Horror Story: Asylum, ocorre no ano de 1964 e segue as histórias dos pacientes, médicos e freiras que ocupam uma instituição para criminosos insanos. A terceira temporada, American Horror Story: Coven, volta aos dias atuais, na cidade de Nova Orleans, e exibe os acontecimentos num clã de bruxas originadas de Salém e do vodu. A quarta temporada, American Horror Story: Freak Show trata de um espetáculo de aberrações na cidade de Jupiter, Flórida, em 1950.[3] A quinta temporada, American Horror Story: Hotel, estreou em outubro de 2015 e é ambientada em um hotel macabro.[4]
A série é transmitida na televisão pelo canal fechado FX nos Estados Unidos e no Brasil. A primeira temporada estreou em 5 de outubro de 2011 nos EUA[5] e 8 de novembro de 2011 no Brasil, e foi concluída originalmente em 21 de dezembro de 2011. A segunda temporada estreou em 17 de outubro de 2012 nos EUA[6] e 30 de outubro de 2012 no Brasil,[7] e foi concluída em 23 de janeiro de 2013.[8] A terceira temporada estreou em 9 de outubro de 2013 nos EUA e foi concluída em 29 de janeiro de 2014.[8] A quarta temporada estreou em 8 de outubro de 2014 nos EUA e foi concluída em 21 de janeiro de 2015. Sobre a saída da atriz principal, Jessica Lange, na quinta temporada, a FOX não confirmou nada.
American Horror Story tem sido bem recebida pelos críticos de televisão e fãs. O elenco é geralmente elogiado, especialmente Jessica Lange.[9] [10] [11] A série atrai sistematicamente altos índices de audiência para a rede americana FX, com sua primeira temporada sendo a maior nova série da TV à cabo de 2011.[12] No Brasil, a primeira temporada foi exibida em TV aberta pela Rede Bandeirantes, com o título&nbs
p;Uma História de Horror Americana;[13] A série também é exibida anualmente na TV a cabo pelo FX Brasil.

Resenha:

Na minha opinião, AHS é a melhor série em todos os possíveis sentidos, na primeira temporada, Murder House você já começa a se apaixonar pelos magníficos personagens, Violet, Tate… Entre outros maravilhosos e um enredo fortíssimo, um desenvolver fantástico e surpreendente. A segunda temporada, Asylum conseguiu me assustar bastante com os terríveis acontecimentos com todos, freiras, padres, “pacientes”, e até a Lanna “Banana”.  A terceira temporada, Coven, que é sobre as bruxas, também uma temporada muito boa, mas na opinião de alguns críticos não foi tão excelente até pelo horror ter sido um pouco reduzido e mais voltada a magnífica história. (Eu continuo achando Coven a melhor temporada), que ficamos com aquele gostinho de… Preciso ter esses poderes. Ou até mesmo ser uma suprema quem sabe… rs. E até onde assisti, a quarta temporada, Show de Horrores, que se passa em um circo e realmente com um show de horrores. Essa temporada tem uma trama incrível que chega até mexer com os sentimentos de quem a assiste, a criação dos personagens são as melhores possíveis, e no final da até aquela leve vontadezinha de soltar uma lágrima. “Que mulher corajosa…” – Um trecho das ultimas falas da temporada. – Infelizmente ainda não pude assistir a quinta temporada, mas aguardo ansiosamente cada detalhe. Esta foi uma série que conseguiu me prender bem rápido, e logo eu não parava de assistir. Consegui ver todas as três temporadas em menos de uma semana. Agora vamos fazer um pouco sobre os Hates, para todos aqueles que achavam a série “idiota”, por não dar sustos e nem deixar com medo, vamos aprender a diferença de terror para horror, o nome da série é: História de Horror Americana e não História de Terror Americana, e aqui eis a diferença: HORROR significa ter repulsa, não gostar, etc. sempre acontece de dentro para fora.
TERROR significa SER acuado, ser ameaçado de alguma maneira, o medo.

Totalmente recomendo esta série.

A BIBLIOTECA

Desbloqueie todo conteúdo exclusivo de altíssima qualidade para assinantes do Mistérios Literários.

Uma conexão notável com a tecnologia

Novos artigos da mesma categoria são carregados automaticamente ao rolar a página.