Pedra de Roseta, que mudou a história da arqueologia

O que diz o texto na pedra?O texto é um decreto de 196 a.C., promulgado em nome do faraó Ptolomeu V na cidade de Mênfis. Ele foi elaborado por sacerdotes e declara que o faraó era um grande governante, seguidor dos deuses e que a mensagem deveria ser compartilhada entre os súditos. Uma humildade bem típica naqueles tempos.

Quem traduziu?A pedra virou o trabalho da vida do linguista francês Jean-François Champollion, que também era professor de história, o que facilitou a missão. Ele trabalhou na tradução de 1822 e 1824, comparando as três línguas para transcrever o decreto. Com isso, conseguiu uma espécie de “chave mestre” para traduzir muitos outros documentos encontrados. Além dele, o físico inglês Thomas Young ajudou no trabalho. Até então, os 3 mil anos de história egípcia eram contados na base do “achismo”, visto que ninguém entendia de fato o que todos aqueles hieróglifos nas paredes dos templos significavam.

Onde ela está hoje?Por alguns anos na época da descoberta, os franceses ficaram com a pedra de Roseta. Entretanto, perderam a posse do Egito para os ingleses e, em 1801, ela foi transportada para o Museu Britânico, em Londres. Atualmente, é possível também visitá-la online: no ano passado, o museu passou a disponibilizar uma visão em 3D para explorar o artefato.

Veja o modelo 3D>

Leia também!

O problema da medusa

Planta, animal ou outro? A luta para categorizar as águas-vivas reflete o desejo de impor uma hierarquia ao mundo natural.

Cientistas da Nasa descobrem evidências de possível universo paralelo

Partículas estranhas observadas por um experimento na Antártica podem ser evidências de uma realidade alternativa em que as leis da física...

Elon Musk e como a ciência se mistura a fama

Elon Musk: Um panorama de sua fama Mestre da auto promoção e de realizar feitos que o levem aos...

Estrela ‘dança’ ao redor de buraco negro da Via Láctea

Um buraco negro supermassivo está escondido no coração da Via Láctea. Os astrônomos deduzem sua existência a partir do movimento da...