NASA descobre origem de partícula ‘fantasma’ misteriosa

NASA identifica origem de neutrino vindo de fora da galáxia (Foto: NASA/Fermi and Aurore Simonnet, Sonoma State University)

O Telescópio Espacial Fermi de Raios Gama da detectou um neutrino de alta energia vindo de fora da galáxia. Um grupo internacional de cientistas conseguiu identificar a origem da partícula, que viajou por 3,7 bilhões de anos na velocidade da luz até ser encontrada. A descoberta foi relatada em dois estudos publicados no periódico científico Science.

NASA descobre origem de partícula
NASA descobre origem de partícula

Os neutrinos são partículas que surgem a partir de grandes fenômenos do universo, como a colisão entre duas galáxias e a entrada de materiais em buracos negros supermassivos. Eles raramente interagem com outras matérias, fazendo com que possam viajar por bilhões de anos-luz na velocidade da luz sem interrupções.

“Os neutrinos e as ondas gravitacionais emitem tipos de informações sobre os ambientes mais extremos do universo. Mas para entender melhor o que eles estão nos contando, precisamos conectá-los à ‘mensagem’ que os astrônomos conhecem melhor: a luz”, afirmou o diretor do departamento de astrofísica da NASA, Paul Hertz, em .

O neutrino chamou a atenção dos cientistas pela primeira vez em setembro de 2017, quando detectaram uma fonte de energia de 300 trilhões de volts — 45 vezes mais a energia do acelerador de partículas mais poderoso da Terra — no céu, o que era um indício de que aquela era uma partícula de fora do Sistema Solar.

A partir de análises de dados do telescópio Fermi, os astrônomos descobriram que o neutrino em questão veio da luz de um raio gama emitido por um buraco negro supermassivo de uma galáxia que já foi bastante ativa. Esse tipo de galáxia é chamado de blazar e possui buracos negros com massas bilhões de vezes mais altas do que o Sol e que ejetam partículas em várias direções na velocidade da luz — o blazar em questão se chama TXS 0506+056.

“Mais uma vez o Fermi nos ajudou a dar um salto no campo que chamamos de astronomia multimensageira”, comemorou Hertz.

Leia também!

O problema da medusa

Planta, animal ou outro? A luta para categorizar as águas-vivas reflete o desejo de impor uma hierarquia ao mundo natural.

Cientistas da Nasa descobrem evidências de possível universo paralelo

Partículas estranhas observadas por um experimento na Antártica podem ser evidências de uma realidade alternativa em que as leis da física...

Elon Musk e como a ciência se mistura a fama

Elon Musk: Um panorama de sua fama Mestre da auto promoção e de realizar feitos que o levem aos...

Estrela ‘dança’ ao redor de buraco negro da Via Láctea

Um buraco negro supermassivo está escondido no coração da Via Láctea. Os astrônomos deduzem sua existência a partir do movimento da...