Governo esconde totais de mortes e casos da Covid-19 e tira site do ar

O Ministério da Saúde modificou novamente a forma de divulgar os dados da epidemia causada pelo novo coronavírus e, agora, não informa mais o total de casos e óbitos do país, nem por estado. A mudança no formato não foi informada previamente. Além disso, o portal mantido pelo ministério com dados atualizados da Covid-19 foi tirado do ar.

Desde abril, o ministério divulgava, diariamente, uma lista contendo o total de casos e mortes causadas pela doença registradas nas últimas 24 horas. Os dados eram segregados por estado e traziam uma totalização nacional.

Ao longo das últimas semanas, algumas mudanças na tabela divulgada pelo governo foram feitas, mas os dados totais sempre foram mantidos. Até ontem, por exemplo, a planilha trazia a soma dos casos totais da doença no Brasil e nos estados, a quantidade de casos novos registrados nas últimas 24 horas, o total de pacientes recuperados e em acompanhamento, o total de mortes e a quantidade de óbitos registrados nas últimas 24 horas.

Na sexta-feira (6/6) a tabela distribuída pelo governo retirou a maior parte desses dados. A tabela dá ênfase no número de pacientes recuperados e traz apenas a quantidade de casos novos e mortes registradas nas últimas 24 horas por estado e no país, sem os números totais.

Além disso, o governo tirou do ar o site do Ministério da Saúde que, há quase dois meses, divulgava os dados da doença de forma on-line.

No site, era possível acompanhar a evolução dos casos e mortes causados pela Covid-19 em todos os estados brasileiros. Ao acessar o site, a mensagem é de que o portal está em manutenção.

A mudança na forma de divulgar os dados aconteceu em meio a críticas feitas pelo presidente Jair Bolsonaro sobre a forma como a imprensa vem tratando o tema. Desde a quarta-feira, o Ministério da Saúde deixou de divulgar os dados da doença às 19h, como vinha fazendo há algumas semanas. Alegando motivos técnicos, o ministério passou a divulgar as informações após as 22h.

A reportagem procurou a assessoria de imprensa do Ministério da Saúde para saber o que levou o órgão a mudar a forma como os dados vinham sendo divulgados e o que motivou a retirada do ar do site do governo que mantinha os dados atualizados da Covid-19.
Até o momento, nenhuma resposta foi dada.

Ministério da Saúde vai recontar mortos pela covid-19 porque diz ver ‘dados fantasiosos’

À colunista Bela Megale, o empresário Carlos Wizard, indicado para assumir a secretaria de Ciência e Tecnologia do ministério, disse que o órgão fará uma recontagem do número de mortos pela Covid-19. Sem apresentar dados, ele sugeriu que os dados estariam inflados e que um novo levantamento estaria pronto em um mês.

A alegação de que os dados de mortos pela doença estariam inflados já havia sido feita pelo presidente Bolsonaro no início da epidemia. No final de abril, no entanto, O GLOBO revelou que a Presidência da República informou, via Lei de Acesso a Informação (LAI), não ter localizado nenhum documento que corroborasse a afirmação feita pelo presidente.

Marcelo Júniorhttps://www.misteriosliterarios.com
Escritor, CEO Fundador, Diretor Proprietário do Mistérios Literários.

Artigos Relacionados

Continue to the category

Bolsonaro parabeniza Trump e os EUA pelo dia da independência

Presidente afirmou que trabalha para avançar "ideais de liberdade" O presidente Jair Bolsonaro parabenizou os Estados Unidos pelo...

Igrejas do Rio retomam missa com a presença de fiéis

Após 3 meses sem ações presenciais, templos e igrejas recebem fieis Após três meses fechadas para evitar aglomerações, devido...

Mongólia detecta 2 casos de peste bubônica e decreta quarentena em parte do seu território

País asiático isolou cidades das regiões na fronteira com a Rússia e teme que possa sofrer com surtos paralelos de coronavírus e...

Recente

Bolsonaro parabeniza Trump e os EUA pelo dia da independência

Presidente afirmou que trabalha para avançar "ideais de liberdade" O presidente Jair Bolsonaro parabenizou os Estados Unidos pelo...

Igrejas do Rio retomam missa com a presença de fiéis

Após 3 meses sem ações presenciais, templos e igrejas recebem fieis Após três meses fechadas para evitar aglomerações, devido...

Mongólia detecta 2 casos de peste bubônica e decreta quarentena em parte do seu território

País asiático isolou cidades das regiões na fronteira com a Rússia e teme que possa sofrer com surtos paralelos de coronavírus e...

Suíça restringe visitantes do Brasil e de mais 28 países

EUA, Suécia e Rússia também são considerados de alto risco de infecção. A partir de 6 de julho, viajantes de...

Brasil passa da marca de 1,5 milhão de casos confirmados de covid-19

Do total de infectados até o momento, 868.372 já se recuperaram O Brasil bateu a marca de 1,5...

Biblioteca Premium

Conheça nossa biblioteca para assinantes! MUITO conteúdo exclusivo pra você, HISTÓRIA, CIÊNCIA, OS MAIORES MISTÉRIOS DO MUNDO. E isso tudo custa apenas o preço de um café! Com apenas R$4,99 você tem acesso a mais alta qualidade de artigos e podcast na página exclusiva 'Biblioteca'.