Bolsonaro diz que vai “restabelecer a verdade” sobre demissão de Moro

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse que “restabelecerá a verdade” sobre a demissão do diretor-geral da Polícia Federal Maurício Valeixo e do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, numa coletiva hoje às 17h. “Hoje às 17h, em coletiva, restabelecerei a verdade sobre a demissão a pedido do Sr. Valeixo, bem como do Sr. Sérgio Moro”, escreveu ele no Twitter.

Moro declarou hoje que deixa o cargo após Bolsonaro ter demitido o diretor-geral da PF. A exoneração foi publicada como “a pedido” de Valeixo na edição de hoje do Diário Oficial, com as assinaturas eletrônicas de Bolsonaro e Moro. O ex-juiz, no entanto, afirmou que não assinou o decreto e que Valeixo não apresentou um pedido oficial de exoneração.

O mesmo já havia acontecido com o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, que foi demitido, mas Bolsonaro anunciou como uma exoneração de comum acordo.

Moro saiu atirando contra o mandatário. O ex-juiz declarou que Bolsonaro trocou o comando da PF para ter acesso a investigações e relatórios da entidade, o que é proibido pela legislação.

“O presidente me disse mais de uma vez, expressamente, que ele queria ter uma pessoa do contato pessoal dele, que ele pudesse ligar, que ele pudesse colher informações, que ele pudesse colher relatórios de inteligência, seja diretor, seja superintendente. E realmente não é o papel da Polícia Federal prestar esse tipo de informação”, disse Moro.

Para ele, a mudança como foi feita é uma interferência política do presidente na PF e acrescentou que Bolsonaro teme inquéritos que estão sendo avaliados pelo STF (Supremo Tribunal Federal). Parlamentares e juristas ouvidos acreditam que o presidente cometeu crime de responsabilidade ao tentar interferir politicamente na instituição.

Marcelo Júniorhttps://www.misteriosliterarios.com
Escritor, CEO Fundador, Diretor Proprietário do Mistérios Literários.

Artigos Relacionados

Continue to the category

Exército brasileiro tem estoque de cloroquina para 18 anos

O Ministério da Defesa informou que há 1,8 milhão de comprimidos de cloroquina em estoque no Laboratório do Exército. O valor representa...

Maia quer votar projeto que regulamenta Fundeb na próxima semana

Principal fonte de recursos da educação fundo será extinto em dezembro O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia...

Bolsonaro parabeniza Trump e os EUA pelo dia da independência

Presidente afirmou que trabalha para avançar "ideais de liberdade" O presidente Jair Bolsonaro parabenizou os Estados Unidos pelo...

Recente

Exército brasileiro tem estoque de cloroquina para 18 anos

O Ministério da Defesa informou que há 1,8 milhão de comprimidos de cloroquina em estoque no Laboratório do Exército. O valor representa...

Maia quer votar projeto que regulamenta Fundeb na próxima semana

Principal fonte de recursos da educação fundo será extinto em dezembro O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia...

Bolsonaro parabeniza Trump e os EUA pelo dia da independência

Presidente afirmou que trabalha para avançar "ideais de liberdade" O presidente Jair Bolsonaro parabenizou os Estados Unidos pelo...

Igrejas do Rio retomam missa com a presença de fiéis

Após 3 meses sem ações presenciais, templos e igrejas recebem fieis Após três meses fechadas para evitar aglomerações, devido...

Mongólia detecta 2 casos de peste bubônica e decreta quarentena em parte do seu território

País asiático isolou cidades das regiões na fronteira com a Rússia e teme que possa sofrer com surtos paralelos de coronavírus e...

Biblioteca Premium

Conheça nossa biblioteca para assinantes! MUITO conteúdo exclusivo pra você, HISTÓRIA, CIÊNCIA, OS MAIORES MISTÉRIOS DO MUNDO. E isso tudo custa apenas o preço de um café! Com apenas R$4,99 você tem acesso a mais alta qualidade de artigos e podcast na página exclusiva 'Biblioteca'.